Friday, June 20

Ser português

Podemos não ter a organização dos Suíços, o rigor dos alemães, a limpeza dos austríacos, a pontualidade dos britânicos, a meticulosidade dos franceses, o orgulho dos espanhóis ou a riqueza dos escandinavos, mas que somos um povo muito mais simpático e caloroso que esta cambada toda disso não tenho dúvidas. E ser português é isso. Ser português é ser muita coisa.


Ser português é pedir um ramo de salsa ao vizinho e ficar lá meia hora a conversar. Ser português é falar alto na rua e nos restaurantes sem notar. Ser Português é ter o melhor jogador de futebol do mundo e não gostar muito dele até vir alguém de fora criticar. Ser português é ter na guelra o sangue quente arrefecido por uma ditadura. Ser português é ter poesia de revolução e fazê-la sem violência e de cravo na mão. Ser português é comer chouriço assado na lareira com mais prazer do que ir ao restaurante gourmet. Ser português é revoltarmo-nos quando nos dizem que o limite passa de 0,5 para 0,2, porque ser português é beber vinho, cerveja e agua-ardente.

Ser português é ter orgulho em sê-lo mesmo quando se diz o contrário. É ir lá fora e falar de fado, da comida, da praia, de tudo o que nos orgulhamos quando temos saudades. Ser português é ter saudades. É ter saudades do sol, das sopas da avo, dos cafés e cigarros na esplanada com os amigos. Ser português é ter saudades e não esquecer.É ser nostálgico mas ter amnésia selectiva de 4 em 4 anos e queixar-se que está tudo na mesma.

Ser português é desenrascar. É encontrar caminho sem perguntar. Ser português é pedir indicações e ter logo a ajuda de vários estranhos. Ser português é tentar a borla seja do que for. Ser português é oferecer só porque se simpatizou com alguém. Ser português é ter os melhores lá fora porque é lá fora que se faz o melhor. Ser português é ter o mar no horizonte e nunca olhar para terra, é seguir em frente até o mar acabar, é descobrir, sonhar e inventar. Ser português é conquistar, é dar porrada na mãe, é dizer não e expulsar os mouros e os espanhóis. Ser português é esquecer. Ser português é o vídeo da Bernardina ter mais de 3 milhões de visualizações e a maioria não ter gostado. Ser português é toda a gente ver a casa dos segredos em segredo. Ser português é achar que ser advogado ou doutor é melhor do que ser pasteleiro ou agricultor mas gostar mais de bolos e batatas do que tribunais e hospitais. 

Ser português é dizer bom dia ao vizinho, é dizer bom dia no café, é dizer olá como está ao carteiro, é dizer bem obrigado no elevador. Ser português é dizer vai-se andando, para a frente, nunca para trás. Ser português é ser pessimista quando as coisas estão boas mas optimista quando estão más. Ser português é ser-se humano e por isso ser-se incoerente. É ter poetas nas gentes, é ter Antónios Aleixos semi-analfabetos mas que sabem mais que doutores. É ter bêbedos e drogados no génio de Pessoa. É tudo valer a pena porque a nossa alma não é pequena. Ser português é ter a alma grande mas não ter dinheiro para a manter. Ser português é pedir crédito para o plasma e LCD, para as férias no Brasil e depois ficar sem comer. Ser português é acreditar em tudo o que passa na TV. Ser português é duvidar de tudo o que se lê.

Ser português é ser de brandos e bons costumes até ver. Ser português é andar à porrada por causa de futebol ou lugares de estacionamento. Ser português é acelerar e ficar chateado se se é multado. Ser português é saber as leis e saber que podem ser ignoradas. Ser português é eleger sempre os mesmos filhos da puta. Ser português é ser revoltado. Ser português é esquecer a semana no sábado e sofrer por antecedência no domingo. Ser português é chegar ao trabalho na segunda e falar da bola. Ser português é ser descarado. É dizer à gaja boa do trabalho que temos que ir beber um copo a qualquer lado. Ser português é seduzir sem medo do resultado. É ter lata de cerveja na mão e na outra contar os trocos para mais uma rodada.

Ser português é sentir orgulho na garganta mesmo com a pressão do nó de forca que nos traçaram. Ser português é apertar o cinto mas andar de rego à mostra.Ser português é dizer mal mas ai de quem diga mal e não seja português. Ser português é não ser patriótico mas sentir os olhos aguados ao ouvir o hino. É dizer que é o mais bonito de todos. É meter uma bandeira na janela e deixar a porta aberta a quem quiser entrar. Ser português é gritar com a selecção mesmo sem nunca se ter ganho nada, só pelo orgulho de se ser de Portugal.


Ser português é escrever este texto à pressa porque estão à minha espera em algum lado. Ser português é chegar atrasado mas de peito levantado.


21 comments:

  1. Nem mais!! É um orgulho ser portuguesa!

    E agora outro assunto completamente diferente, qual o chá verde que recomendas para emagrecer? Li que as saquetas, por terem mistura de várias partes da planta, não são muito eficazes? Alguma sugestão?

    Beijinhos

    ReplyDelete
  2. Não concordo!
    Vivo em Espanha, aliás no Pais Basco e as pessoas são bem mais simpáticas do que vizinhos que alguma vez tive em Portugal. Os portugueses são carrancudos e não me venham dizer o contrario...
    Quanto aos franceses...estou bem perto da fronteira e nunca me cruzei com franceses ''rudes''!
    As cidades portuguesas são porcas, sem organização, as pessoas sempre de má cara, não há dinheiro, não há gosto...enfim...
    Acredito que estou numa boa cidade, o que faz com que adore isto. As saudades existem e isso é que muitas vezes leva as pessoas a voltar.
    Para já não quero voltar! Cá tenho qualidade de vida! Em portugal se calhar não tinha. Não estou a falar de cafés e restaurantes baratos e praia, mas sim de muita oferta cultural, bibliotecas atrás de bibliotecas, espaços desportivos a custo quase zero, a mobilidade urbana (bicicletas, por exemplo), à organização de lixos organicos, aos incentivos monetários para ter crianças, a pastelarias fabulosas e à oferta enorme de diferentes tipos pães (desculpem, mas adoro, em portugal nunca vi tal coisa), ahh e aos fabulosos gelados artesanais melhores que santini e afins... Sinto falta do quê? De alguns sítios que ia por rotina, nada que não haja cá ou que não posso ir no verão em Portugal.
    Cada vez que saio para um novo pais menos orgulho tenho de Portugal. Temos boa comida, só isso, de resto vivemos no passado...Perdão, francesa tem uma comida melhor! ;)

    beijinhos,
    viagemdoceviagem.blogspot.com | Facebook


    ReplyDelete
    Replies
    1. Todos temos a nossa ideia e opiniões mas não concordo com muita coisa que escreveste... Portugal tem coisas muito, muito boas! Não é tudo cinzento e carrancudo! temos comida fantástica, pastelarias fabulosas e tantos tipos de pães que nos perdemos... temos tanta mas tanta coisa boa! :)

      Delete
  3. Que orgulho neste nosso jeito português!

    ReplyDelete
  4. Perante isto só tenho a dizer: Que texto incrível...! :)

    ReplyDelete
  5. «Ser português é ter orgulho em sê-lo mesmo quando se diz o contrário.» Não podia estar mais de acordo, há que acreditar, há que ter orgulho, somos uma nação, no bem e no mal.

    Beijo grande de uma Portuguesa com muito orgulho !!!!!!

    ReplyDelete
  6. Gostei imenso:)
    Principalmente da parte do "Ai quem diga mal de ser Português" LOOl

    ReplyDelete
  7. olá querida!!!! vim conhecer seu blog, mto legal!!! =) não conheço todos estes povos para fazer uma comparação sincera, hehehe!!! mas, sempre legal ter amor a sua pátria!

    beijinhosss linda e bom fim de semana!!!
    Blog | Youtube | FB

    ReplyDelete
  8. Olá Diana :-)

    Muito bom texto, adorei lê-lo...

    Beijinhos e bom fim-de-semana***

    ReplyDelete
  9. É isso mesmo :)
    Ser português é simplesmente ser ! I like it !

    ReplyDelete
  10. Que bonito (=
    Quanto a quem disse que nunca se cruzou com franceses rudes e que Portugal tem as cidades porcas... aconselho uma viagem ao norte de França =P

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sofia, felizmente nunca me cruzei, incluindo no norte de França.
      Na sua maioria as cidades portuguesas são porcas. Há uma que admiro a sua limpeza, é Guimarães. Mas e o Porto por exemplo? Há cidades tão porcas ou mais que as nossas em outros países (não disse que não havia) mas não é por isso que nos devemos vangloriar, acho que toda a gente gostava de acordar e ver a sua cidade tão limpa como Londres, pex.

      Apenas acho que vivemos no passado e temos muito para evoluir. O problema é não haver oportunidade para a juventude e os outros países é que lucram com os ''nossos'' portugueses.

      E sabe porque é que os estrangeiros gostam de portugal ? Porque é bonito, barato, com boa comida e boas paisagens...Mas e para viver? Claro que não! Porque é desorganizado e sujo (opiniões de vários estrangeiros com quem falei).
      Eu partilho da mesma opinião, gosto de Portugal mas para férias!

      Não pensamos todos igual e ainda bem! ;) Uns partem outros ficam.
      beijinhos,

      viagemdoceviagem.blogspot.com | Facebook

      Delete
  11. Temos um pais lindo e pessoas maravilhosas e não o sabermos preservar nem ser governados somos donos daquilo que o mundo procura e não o sabemos aproveitar. Tenho muito orgulho naquilo que somos neste cantinho da europa e do meu povo mas se podiamos ser melhores? Sempre... claro, há que evoluir!

    ReplyDelete
  12. Apesar de gostar do meu país, preferia que tivéssemos a organização dos Suíços, o rigor dos alemães, a limpeza dos austríacos e a pontualidade dos britânicos, era meio caminho andado para sermos mais produtivos, responsáveis e felizes.
    "Ser português é pedir um ramo de salsa ao vizinho e ficar lá meia hora a conversar.", o pior é que isto acontece muitas vezes no trabalho. O que me leva ao que disse acima...

    ReplyDelete
  13. http://porfalarnoutracoisa.blogspot.pt/2014/01/ser-portugues-e.html

    Copiar é feio!

    ReplyDelete
    Replies
    1. João como pode ver no final do texto coloquei o link.

      Delete
  14. "Ser português é não ser patriótico mas sentir os olhos aguados ao ouvir o hino". Isto, para mim diz tudo - e contra mim falo! Posso não ser a pessoa mais patriótica porque, apesar de termos das pessoas mais competentes, das tecnologias mais avançadas, da geografia mais diversificada (mesmo sendo um país pequeno), etc, etc, há muita coisa que falha. Mas digo com orgulho que sou portuguesa, porque sei que somos capazes. Somos inteligentes. Somos cultos (ainda na sexta-feira falei com uma irlandesa que já tinha estado em meio mundo mas não sabia que Barcelona era Espanha... really???!). Temos a melhor gastronomia. Temos o céu mais azul.
    Era termos um pouco mais do rigor dos alemães, a organização dos suíços, a pontualidade dos britânicos, etc etc - e menos burocracia, muito menos burocracia - e seríamos tão, mas tão grandes!

    ReplyDelete
  15. Muito bom! Grande síntese da nossa essência...

    ReplyDelete

Sejam bem-vindos:)