Saturday, February 15

Leite animal é prejudicial?

Crescemos a ouvir os nossos pais dizer que o leite faz bem aos ossos. Eu própria quando era criança bebia um copo de leite morno antes de ir para a cama ( agora nem posso com o cheiro). Crescemos a pensar que o leite é a maior e melhor fonte de cálcio, e agora já adultos passamos essa informação aos nossos filhos. Mas será que o leite de vaca é tão benéfico como parece? 

Vários cientistas provaram que os efeitos que o leite animal tem no nosso organismo não são tão bons como o que aparentam. Na realidade, dizer que o leite é saudável para os ossos não podia estar mais longe da verdade. Não só praticamente não conseguimos absorver o leite de vaca (especialmente o pasteurizado), como, na verdade aumenta a perda de cálcio dos nossos ossos. Isto é o que acontece: tal como toda a proteína animal, o leite acidifica o PH do nosso corpo. Desta forma, o cálcio é uma ótimo neutralizador desse acido e o grande armazenamento de cálcio no nosso corpo, adivinhem onde é? Nos ossos, pois é claro. Assim, a quantidade de cálcio que os nossos ossos precisam para se manterem fortes são utilizados para neutralizar o efeito acido do leite. Quando o cálcio sai dos nossos ossos é libertado pela urina, resultando numa perda de cálcio, quando pensamos que estamos a fazer o oposto. 


Sabem aquela mau estar no estômago que só de tocar dói? Esse é um dos efeitos mais regulares de quem é intolerante à lactose. Já não bebo leite desde os 18 anos precisamente por ter esse sintoma sempre que bebia leite ( principalmente de manha depois do leite com cereais). Muitas pessoas sentem esse mau estar mas não associam ao facto de talvez serem intolerantes, por isso é necessário aconselhar com um medico. 

Pela educação que nos foi passada pensamos que o leite de vaca é saudável para o seu humano, no entanto o leite de vaca é criado única e exclusivamente para os bezerros. Cada espécie de mamífero tem o seu próprio leite  designado, o mesmo acontece connosco, o bebé deverá apenas ser alimentado com o leite da mãe e nunca com o leite animal. Nos dias que correm não podemos afirmar que o leite é algo natural, porque longe vai o tempo em que o era. É dado às vacas antibióticos e são injetadas hormonas de crescimento que afetam a qualidade do leite, e especialmente quando dado a bebes ou crianças pequenas os efeitos podem ser devastadores. 


Infelizmente a maioria das pessoas não sabe o que está por detrás da produção de leite. As vacas ficam amontoadas num ambiente stressante e desagradável, com tubos que sugam o leite. Para que uma vaca produza leite, é necessário que fique gravida, assim como nós, seres humanos. Quando dá a luz, os bezerros são afastados da mãe, para que não mamem o leite que nós iremos consumir. Além disso, é necessário que a vaca fique gravida constantemente, para que produza o máximo de leite possível, o que diminui a sua expetativa de vida de 25 anos para 6. E quando se tornam inúteis são mortas. 

É urgente consciencializarmos dos perigos do leite e mudar o nosso estilo de vida. 

Opções o leite de vaca

- Leite de soja
- Leite de amêndoas
- Leite de arroz
- Leite de Aveia
- Leite de coco

22 comments:

  1. Eu por acaso nao sou muito de beber leite... opto mais pelos iogurtes e queijo, para manter o calcio nos ossos. Obg pelo alerta, do leite. Eu tenho uma filha em fase de crescimento e que precisa de calcio, vou tentar variar ainda mais os pequenos almoços dela, beber leite sim, mas outras coisas também.

    ReplyDelete
  2. Olha, eu nunca gostei de leite. Para teres noção, com sete dias de vida a minha mãe levou-me ao pediatra porque não sabia o que fazer comigo visto que eu não gostava e rejeitava o leite (de vaca, porque a minha mãe não conseguiu produzir leite para mim) e foi assim que comecei a comer sopa. Não sei se já na altura rejeitava o leite por ser intolerante, mas hoje em dia sei que sou. O mais curioso é que nunca parti um osso que fosse - e olha que não foi por falta de oportunidade, já dei com cada queda que não sei como é que ainda ando em pé. Mas sempre comi muitos vegetais (desde os sete dias a comer sopa diz tudo), entre outros alimentos também eles ricos em cálcio. Acho que, no caso de não se ser intolerante, as crianças até uma certa idade devem beber leite, mas depois deve-se parar. Somos o único animal que bebe leite em fase adulta.

    ReplyDelete
    Replies
    1. A informação que passam é que as crianças podem beber leite animal até ao 3 anos depois disso os malefícios começam a ser acrescidos. Pessoalmente quando tiver filhos vou dar apenas leite vegetal, o leite animal e concebido para os bezerros, assim como o leite materno é para os humanos.

      Delete
  3. Por acaso, já li qualquer coisa sobre isso, e até tentei começar a beber leite de arroz.
    Gostei da informação, dura mas verdadeira! : )

    ReplyDelete
  4. Não consumo muito leite, mas adoro queijo branco e iogurtes. Cada vez tenho menos vontade de comer coisas de origem animal.

    ReplyDelete
  5. Eu adoro leite magro...já tentei beber o de soja mas achei muito doce...
    O leite de amêndoas é bom???

    http://Styleloveandsushi.blogspot.com

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu gosto muito do de amêndoas. Na minha opinião e mais saboroso que o de soja;)

      Delete
  6. É verdade sim. Mas eu continuo a beber leite de vaca, pois não consigo beber o de soja.

    ReplyDelete
  7. Eu já não bebo leite desde os 12, só o cheiro já enjoa.

    http://thelusofrenchie.blogspot.pt

    ReplyDelete
  8. Isso é bastante debativel mas não vou entrar em discussões científicas. Apenas digo que não é verdade que não consomes leite de vaca desde os 18 anos já que consomes vários derivados de leite de vaca, vi-os várias vezes mencionados no blog.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Quando digo que nao consumo leite de vaca estou a falar de leite puro. Quanto a derivados apenas consumo iogurtes mas vou alterando entre os de soja e os de leite regular, mas e algo que ja estou a alterar por completo. Aos 18 anos deixei de consumir leite ( nao derivados). Todos as minhas receitas sao feitas com leite de soja ou de amêndoas. Quanto a ser debativel, se tiver algum estudo (fidedigno) que comprove que o leite de vaca tem mais benefícios que o leite de origem vegetal adoraria ter conhecimento:)

      Delete

      Delete

    2. (É a primeira vez que comento no teu blog, mas penso que vai ser algo que vou começar a fazer frequentemente :) )

      Diana, haverão sempre nutricionistas e mais uma quantidade de médicos a lançar estudos sobre o quão bom é o leite de vaca. Quando saiu a notícia de que Harvard tinha retirado o leite da pirâmide alimentar surgiram imensos artigos a contrariar a coisa. O leite de vaca é a base da maioria das doenças do ser humanos (juntamente com a restante proteína animal) e por isso convém a toda a gente que se beba leite de vaca (a quem o vende e a quem trata da nossa saúde, porque não convém que sejamos sempre saudáveis).
      Quando as pessoas dizem que é debatível, é basicamente porque são "cegos" e acreditam em tudo o que os senhores doutores ou a sociedade dizem, nunca questionando nada fora da bolinha em que vivem. Desculpem, mas é verdade.
      A maioria das pessoas a quem digo isto acha que os sintomas maléficos do leite serão logo visíveis. E depois dizem "Olha nao me doi a barriga, talvez estejas errada". O facto de não haverem sintomas, não significa que o mal não esteja lá. Mas é difícil mudar mentalidades formatadas por uma sociedade que vive unicamente de industria e lucro.
      Não sei como é que faz sentido na cabeça de alguém sermos o único mamífero que consome leite após o leite materno: consumimos leite de outra espécie que não a nossa, que não é destinado a nós mas sim aos vitelos e, para piorar as coisas, não o consumimos puro mas sim cheio de químicos e processos que nada de bom trazem. Enfim, mentalidades são difíceis de mudar, e o que me interessa é saber que eu estou bem comigo mesma e sei "a verdade".

      (Já agora, parabéns pela consciência do quão mal o leite faz às pobres das vaquinhas.)

      Delete
    3. O argumento que deste em relação a médicos e indústria produtora de leite é tão reversível em relação aos produtores de leite vegetal. Além do mais, cabe sempre muito mal ler que um médico desejará lucrar com a fraca saúde dos pacientes impingindo-lhes leite animal, não me parece que isso seja necessário para continuarem a ser visitados continuamente. O mundo científico está cheio de artigos científicos contraditórios, sou desse meio, sei-o. O consumo de leite vegetal é moda. Há milhares de anos que se consome leite de vaca. A minha avó que odeia leite, mas compensa com tudo o resto fonte de cálcio, tem inúmeros problemas de ossos, sendo que desde que começou a esforçar-se para consumir está bastante melhor. Teremos casos no sentido contrário, o corpo humano reage de formas diferentes a cada alimento. Beber leite resolve-me indigestões, por exemplo. É forçoso não impingir aos outros, nem considerar estupidez o eu decidem manter, cada um tem direito de determinar o que é mais benéfico para si.

      Delete
    4. Por acaso concordo com a Ana. É algo que mudei ha muito tempo em minha casa. E sim, nunca saberás se o leite realmente faz bem ou mal através dos artigos científicos, era impossível virem dizer que o leite faz mal. Em relação a tua avó tenho duas hipóteses: ou é psicológico, hipótese tao valida como todas as outras ou ela tem o estômago demasiado básico (pH) o que faz com que não perca cálcio. Mas uma coisa é certa: pode conseguir digerir leite mas tem ou terá alguma maleita derivada do leite. Existem imensas desde mucosidade, borbulhas, gripe... Tanta coisa que tem como base o leite. Maspronto, cada um como cada qual.Tu la sbes o que queres beber tal como eu sei.

      Diana eu adoro leite de amêndoa! E também já experimentei uma coisa que faz muuuuito bem chamada kefir. É um pouco intragável mas nos batidos fica delicioso :)

      Delete
  9. tanta verdade num so post. Ha anos que tento dizer isto aos meus amigos e familia, mas ninguem me liga! Infelizmente, ainda ha muito a ideia que o leite 'e a melhor coisa do mundo, cheia de calcio e proteinas.
    Honestamente, deixei de consumir leite de vaca por uma questao etica, mas quando soube o mal que nos fazia, nunca mais toquei num copinho de leite de vaca. Agora so bebo de soja. O de amendoa para mim 'e intragável :/

    beijinhoooo

    ReplyDelete
    Replies
    1. Nisso já tive mais sorte :) Deixei de beber leite à muito tempo, bebendo só quando vou a um café que não tem outras opções quentes (e tenho de beber meia de leite).
      Em relação à família, nao falo disso com muita gente da minha família porque a maioria são ceguinhos nesse aspecto e não questionam nada sobre a alimentação que sempre aprenderam. Basta o médico dizer que têm de beber leite para eles beberem. Isso até seria mais normal na minha mãe, tendo em conta as raízes dela mas ela foi a primeira pessoa a deixar o leite quando lhe falei dos malefícios. O que ajudou, claro, foi ela ter bastantes problemas de digestão (imagina, ela almoçava e chegava ao jantar ainda a sentir-se cheia) e quando eu lhe disse para experimentar deixar o leite, esses problemas melhoram bastante. Mas claro, são coisas difíceis. Ainda só não deixei os iogurtes porque os de soja sao bastante caros, e é algo que me dá jeito comer pq é muito rápido.

      (sou a caty :) )

      Delete
    2. Que horror. Há* e não à.

      Delete
  10. Olá Diana!
    Eu desde que li isto: http://www.clinicameihua.pt/Emagrecer/11razoesparaparardeconsumirlacticinios.aspx , passei a consumir leite fresco (não tem tanto tratamento) e de vez em quando biológico (não consumo sempre porque é 3 ou 4 vezes mais caro). Mas quero deixar de consumir completamente leite e derivados. Estás a dar-me coragem :)
    beijinhos e obrigada pela partilha!

    ReplyDelete
  11. Este tema é como muitos outros - dá pano para mangas!
    A minha sogra toda a vida bebeu leite - mesmo quando, há anos, começou a sentir os efeitos da intolerância a lactose, nunca deixou de beber leite. O pequeno almoço tem que ser sempre leite com cereais. Faz exercício e tem imensos cuidados com o que come. Ainda assim tem osteoporose.
    Uma tia minha é quase que uma copia do comportamento da minha sogra, com a excepção de que ainda não sofre de intolerância a lactose. Mas também tem osteoporose.
    A minha mãe não pode nem sentir o cheiro do leite. Não consome leite nem qualquer dos seus derivados há anos. Não me lembro sequer de a ver a comer queijo. Não tem osteoporose.
    Go figure!

    ReplyDelete

Sejam bem-vindos:)